Já passaram por aqui

Quem sou...

Minha foto
Salete dos Santos
Ele pensou que ela fosse uma donzela presa na torre mais alta. Mal sabia que ela era a dona do castelo, do dragão  e de si mesma!

Meu site: https://www.facebook.com/artesanatos.artesetal/?fref=ts


Visualizar meu perfil completo

Livros favoritos

  • O vendedor de sonhos - Augusto Cury
  • Memórias das células - Paul Pearsall
  • O amor me trouxe de volta - Carol Bowman
  • Vencendo o passado - Zibia Gasparetto
  • O amanhã a Deus pertence - Zibia Gasparetto
  • Nada é por acaso - Zibia Gasparetto
  • Um amor de verdade - Zibia Gasparetto
  • Tudo tem seu preço - Zibia Gasparetto
  • Ninguém é de ninguém - Zibia Gasparetto
  • Quando chega a hora - Zibia Gasparetto
  • O advogado de Deus - Zibia Gasparetto
  • O amor venceu - Zibia Gasparetto
  • O Aleph - Paulo Coelho
  • O alquimista - Paulo Coelho
  • Brida - Paulo Coelho
  • A Lei da afinidade - Cristina Cairo
  • Cura pela meditação - Cristina Cairo
  • Linguagem do corpo I e II - Cristina Cairo

Seguidores

...::: Morenna Designer:::... morenna.designer@hotmail.com (11)8166 3721. Tecnologia do Blogger.
sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Celebre seus triunfos

Celebre seus triunfos
Quando você ganhar, comemore: é importante um rito de passagem.
Esta vitória custou momentos difíceis, noites de dúvidas, intermináveis dias de espera. Desde os tempos antigos, celebrar um triunfo faz parte do próprio ritual da vida.
A comemoração marca o final de uma etapa. Se a evitarmos – por incrível que pareça, muita gente evita por medo de decepção, de atrair “mau-olhado”, etc. – não estamos nos beneficiando do melhor presente que a vitória nos dá: confiança.
Celebre hoje suas pequenas vitórias de ontem, por mais insignificantes que pareçam. Amanhã, uma nova luta se aproxima, e irá exigir toda sua atenção e esforço: a lembrança de uma vitória sempre ajuda a ganhar a próxima batalha.

Do site: Paulo Coelho

0 comentários:

Mensagem

"Qualquer caminho é apenas um caminho, e não há ofensa para si ou para outro em abandoná-lo se é isto que o seu coração diz a você...
Olhe para cada caminho bem de perto, estudando-o cuidadosamente.
Experimente-o quantas vezes achar necessário.
Então pergunte a você mesmo, e somente a você mesmo uma questão: "Esse caminho tem um coração? Se ele tem, é um bom caminho; se não tem, é inútil".

D. Juan, "brujo" Yaqui

Já publicado

Siga-me no seu email

Twitter