Já passaram por aqui

Quem sou...

Minha foto
Salete dos Santos
Ele pensou que ela fosse uma donzela presa na torre mais alta. Mal sabia que ela era a dona do castelo, do dragão  e de si mesma!

Meu site: https://www.facebook.com/artesanatos.artesetal/?fref=ts


Visualizar meu perfil completo

Livros favoritos

  • O vendedor de sonhos - Augusto Cury
  • Memórias das células - Paul Pearsall
  • O amor me trouxe de volta - Carol Bowman
  • Vencendo o passado - Zibia Gasparetto
  • O amanhã a Deus pertence - Zibia Gasparetto
  • Nada é por acaso - Zibia Gasparetto
  • Um amor de verdade - Zibia Gasparetto
  • Tudo tem seu preço - Zibia Gasparetto
  • Ninguém é de ninguém - Zibia Gasparetto
  • Quando chega a hora - Zibia Gasparetto
  • O advogado de Deus - Zibia Gasparetto
  • O amor venceu - Zibia Gasparetto
  • O Aleph - Paulo Coelho
  • O alquimista - Paulo Coelho
  • Brida - Paulo Coelho
  • A Lei da afinidade - Cristina Cairo
  • Cura pela meditação - Cristina Cairo
  • Linguagem do corpo I e II - Cristina Cairo

Seguidores

...::: Morenna Designer:::... morenna.designer@hotmail.com (11)8166 3721. Tecnologia do Blogger.
sábado, 15 de outubro de 2011

Prece da libertação

Prece da libertação

por Adriana Mangabeira 

Desejo libertar-te e ser liberta.

Peço perdão, me perdôo e te perdôo por todas as vezes em que fizemos mal uso de nossas relações, contatos e convivências.

Sei que na sábia energia do amor, nossas novas vidas colocam-nos em novas situações e circunstâncias para escrevermos historias diferentes, com novas atitudes, sentimentos e novos finais.

Permito-te, permito-me e peço que me permitas conduzir nosso afeto e convivências com novas cores, novos sabores e com compaixão, respeito, ética e amor.

Talvez, muitas linhas ainda estejam turvas, pontilhadas, sob véus de ilusão. Aceito que este novo desenho pode ser feito em nossos corações, ainda que não aconteçam novos atos.

Muitos sentimentos podem estar, ainda, nebulosos ou disfarçados, da forma como conseguimos sentir, da forma que podemos permitir, da forma que podemos processar.
O que o consciente ainda não nos permite, sentimos sem entender o porquê.
O que ainda não posso entender, aceito e entrego. Ainda que me doa, entrego à existência as ilusões a que ainda me apego para que sejam transmutadas em luz.
Aceito minha sombra, aceito tua sombra, acolho nossos medos, nossas dúvidas como sagradas, como parte de nossa evolução, crescimento e prova de amor.
Às vezes é difícil não tê-lo por perto. Às vezes, é difícil tê -lo por perto. Às vezes, é difícil não me enxergar perto de você. Às vezes, é difícil só me enxergar em você.
Mas o que importa é que te amo. O que importa é que só vejo o que restou após tantas existências, tantos karmas, tanta dor que não sabemos qual é, mas sabemos existir.

Sentimos saudade do que não sabemos o que é, mas que não mais existe quando nos encontramos. Sentimos ânsia em construir um novo texto, mas não sabemos como é esse novo. Dá medo do que tanto queremos.
O que importa é que te compreendo e em você acredito, assim como creio em mim e no que sinto.
O que importa é que quero você perto de mim, mesmo contra todas as probabilidades e vantagens. Isso quer dizer alguma coisa.

Mas permitindo à existência conduzir nossa linda historia com novo final, de certo um final feliz, te liberto. Te liberto esperando que voltes, mas te liberto.
Me liberto achando que não quero partir, mas me liberto.
Me liberto para aceitar que um amor verdadeiro e iluminado possa nascer.

Deixo-te partir pra permitir um novo amor surgir. Seja em nós ou seja para cada um de nós, em nós, em outros.
Tanto amor que sinto por você só pode-me fazer desejar que você seja muito feliz, que você seja livre para escolher.
Que a existência sinta, perceba e torne verdade no coração e na alma tudo que agora digo norteado pela mente.
Que amanhã eu acorde mais consciente e certa de que recebeste esta mensagem em alma.
Que amanhã eu sinta somente o que for abençoado por nossas sombras, vidas passadas e por nossa essência hoje.

Sinto muito, me perdoe, sou grata, eu te amo.
Sinto muito, me perdôo, sou grata e me amo.
Sinto muito, te perdôo, sou grata, eu te amo.
Eu te amo. Eu te amo. Eu te amo.

Prece de Libertação, por Adriana Mangabeira 31.07.2011  

Extraído do site: STUM

0 comentários:

Mensagem

"Qualquer caminho é apenas um caminho, e não há ofensa para si ou para outro em abandoná-lo se é isto que o seu coração diz a você...
Olhe para cada caminho bem de perto, estudando-o cuidadosamente.
Experimente-o quantas vezes achar necessário.
Então pergunte a você mesmo, e somente a você mesmo uma questão: "Esse caminho tem um coração? Se ele tem, é um bom caminho; se não tem, é inútil".

D. Juan, "brujo" Yaqui

Já publicado

Siga-me no seu email

Twitter